Peach Orange and Vanilla Bean Pots

 

Happy Holidays, you lovely people, I hope y’all had an awesome Christmas! Around here was all about tons of tasty food and a brand new AWESOME japanese chef’s knife that my uncle got me as a Secret Santa gift. Speaking of food, the following recipe is actually a take on the dessert I made for this year’s dinner, which was a little vanilla and orange pie with a cherry whiskey jam on top. It was very delicious, but it didn’t turn out quite the way I wanted it to, the filling was way too loose and there wasn’t enough pastry to hold it in, so it turned out really thin and I had to freeze it before serving, otherwise the filling would just go everywhere (talk about improvising..). It wasn’t a problem at all, though, in fact, from the two pies I made, there were only three pieces left, which I think is a good sign.

I was planning on recreating it for this post, since there wasn’t enough time to take a decent photo, but I couldn’t find any cherries, so, again, I had to improvise. The cream is a mix between a crème pâtissière and a crème anglaise, the milk is infused with orange peels and vanilla bean, with just enough of corn starch to thicken it slightly. A basic pâte sablêe is baked and crumbled to add texture, and peaches are sautéed with a bit of whiskey, giving the dessert that classic holiday booze that everyone loves, perfect for the New Year’s celebrations.

PEACH ORANGE AND VANILLA BEAN POTS

This makes enough for 3 pots, but feel free to double the recipe (except for the dough), like I did, if you’re feeding more people.

For the cream

Adapted from Rachel Khoo’s cookbook The Little Paris Kitchen

4 egg yolks

90g (3.2 oz or 1/2 cup) granulated sugar

2 teaspoons corn starch

500ml (2 cups) whole milk

pinch of salt

1 vanilla bean

zest or peel of 1/2 an orange

Begin by pouring the milk into a saucepan, add the scrapes of the vanilla bean and orange zest/peel, and, on a low heat, bring it to a simmer. Meanwhile, in a medium bowl, whisk the sugar, egg yolks and salt just until combined, then add the corn starch and whisk again. Turn off the heat and whisk in the hot milk in a thin stream (if using orange peels, you might wanna remove them before doing this step), then pour the mixture back into the saucepan and cook over moderate heat, stirring constantly with a wooden spoon or a whisk, until the sauce has thickened slightly, 4 to 5 minutes. Divide the mixture between individual pots of your choice, cover with cling film, making sure it’s touching the surface and refrigerate for a few hours or overnight.

For the pastry dough

125g (4.5 oz or 2/3 cup) caster sugar

250g (8.8 oz or 1 3/4 cups) plain flour

pinch of salt

125g (4.5 oz or 1/2 cup + 1 tablespoon) unsalted butter, cold and diced

1 egg

In a bowl, add the flour, salt and butter. Rub it between the tips of your fingers, until the butter is well incorporated throughout the flour, then add the sugar and egg, mixing it until the dough comes together. Wrap it in cling film and refrigerate it for a minimum of 1 hour.

Preheat your oven to 190ºC (375ºF). Roll the dough between 2 pieces of parchment paper (it helps leaving it out of the fridge for a few minutes first) until it’s about a centimeter, or 0.5 and inch, thick. Using the paper that is underneath, place it on a baking sheet, poke it a few times with a fork and freeze for about 10 minutes. Bake for around 30 to 40 minutes, until golden around the edges, then leave it to cool completely.

For the peaches

2 peaches, pitted and diced into bite sized pieces

1 tablespoon unsalted butter

1 tablespoon granulated sugar

1 1/2 tablespoons whiskey (or any other drink you like, you could also use orange juice)

zest of 1/2 an orange

Place a skillet on a medium heat, melt the butter until it browns slightly, then add the peaches, sugar and orange zest. Cook for around 3 minutes or so, until it’s slightly softer, then add the whiskey and cook for another minute. Take it off the heat and let it cool slightly.

Divide the cooked peaches between the chilled cups, crumble the pastry on top and serve right away.

Boas festas, indivíduos adoráveis, eu espero que vocês tenham tido um Natal incrível! Por aqui foram só toneladas de comida gostosa e uma faca nova de chef japonesa MA-RA-VI-LHO-SA que meu tio me deu de amigo secreto. Falando em comida, a seguinte receita é uma versão da sobremesa que eu fiz para a ceia deste ano, a qual foi uma torta de baunilha e laranja com uma geleia de cereja e whiskey por cima. Ficou uma delícia, mas não saiu bem como eu queria, o recheio ficou meio líquido demais e não havia massa o suficiente para impedir de vazar, então ficou uma torta super fina que eu tive que congelar antes de servir, senão o recheio teria ido para todos os lados (foi um belo improviso…). Não foi um problema, apesar dos pesares, na verdade, das duas tortas que eu fiz, só restaram três pedaços, o que deve ser um bom sinal.

Eu estava pensando em recriá-la para este post, já que não houve tempo suficiente para tirar uma foto decente, mas eu não consegui encontrar as cerejas, então, mais uma vez, eu tive que improvisar. O creme é uma mistura entre um creme de confeiteiro e um creme inglês, o leite é infundido com cascas de laranja e sementes de baunilha, com apenas um pouco de amido de milho para engrossar ligeiramente. A massa de torta é assada e despedaçada para adicionar textura e pêssegos são salteados com um pouco de whiskey, dando à sobremesa aquele toque de bebida clássico que todo mundo adora, perfeito para as festas de Ano Novo.

CREME DE LARANJA E BAUNILHA COM PÊSSEGOS NO WHISKEY

Essa receita faz o suficiente para 3 potinhos, mas se estiver servindo para mais pessoas, sinta-se livre para dobrar a receita de tudo, menos da massa.

Para o creme

Adaptado do livro A Pequena Cozinha em Paris por Rachel Khoo

4 gemas de ovos

90g (1/2 xícara) açúcar cristal ou refinado

2 colheres de chá de amido de milho

500 ml (2 xícaras) de leite integral

pitada de sal

1 fava de baunilha

raspas ou as cascas de 1/2 laranja

Comece despejando o leite em uma panela, adicione as sementes da fava de baunilha e as raspas/cascas de laranja, e, em fogo baixo, esquente até quase ferver. Enquanto isso, em uma tigela média, misture o açúcar, as gemas e o sal apenas até combinar, em seguida, adicione o amido de milho e misture novamente. Desligue o fogo e adicione umas 4 conchas do leite quente às gemas, misturando com o fouet após cada adição (se estiver usando cascas de laranja, retire-as antes deste passo), em seguida, despeje a mistura de volta para a panela e cozinhe em fogo moderado, mexendo sempre com uma colher de madeira ou um fouet, até que engrosse levemente, de 4 à 5 minutos. Divida a mistura entre potes individuais de sua escolha, cubra com filme plástico, certificando-se de que esteja tocando a superfície do creme e leve à geladeira por algumas horas ou durante a noite.

Para a massa

Receita do livro Mestre-Cuca Larousse

125g (2/3 xícara) de açúcar refinado

250g (1 e 3/4 xícaras) de farinha de trigo

pitada de sal

125g de manteiga sem sal, bem gelada e cortada em cubos

1 ovo

Em uma tigela, adicione a farinha, o sal e a manteiga. Esfregue-as entre as pontas de seus dedos, até que a manteiga esteja bem incorporada por toda a farinha e pareça uma farofa, em seguida, adicione o açúcar e o ovo, misturando-o até que forme a massa. Embrulhe-a em filme plástico e leve à geladeira por no mínimo 1 hora.

Pré-aqueça o forno a 190ºC. Abra a massa entre 2 pedaços de papel manteiga (ajuda deixá-la fora da geladeira por alguns minutos antes de abrir), até que esteja com cerca de um centímetro de espessura. Usando o papel que está por baixo, coloque-a em uma assadeira, espete algumas vezes com um garfo e leve ao freezer por cerca de 10 minutos. Asse por 30 à 40 minutos, até dourar nas bordas, em seguida, deixe que esfrie completamente.

Para os pêssegos

2 pêssegos, descaroçados e cortados em cubos pequenos

1 colher de sopa de manteiga sem sal

1 colher de sopa de açúcar cristal ou refinado

1 1/2 colheres de sopa de whiskey (ou qualquer outra bebida que quiser, você também pode usar suco de laranja)

raspas de 1/2 laranja

Coloque uma frigideira em fogo médio, derreta a manteiga até dourar levemente, em seguida, adicione o pêssegos, açúcar e as raspas de laranja. Cozinhe por mais ou menos 3 minutos, até que o pêssego fique mais macio, em seguida, adicione o whiskey e cozinhe por mais um minuto. Desligue o fogo e deixe esfriar um pouco.

Divida os pêssegos cozidos entre os potinhos já frios, despedace a massa por cima e sirva imediatamente.

You may also like

Deixe uma resposta